Menu              Leia Também...
 
Pesquisas
Um modelo de otimização multiobjetivo para sistemas de recursos hídricos

Modelos de otimização para a análise de sistemas de recursos hídricos são comumente relatados na literatura, porém a grande maioria apresenta simplificações e aproximações que inviabilizam sua utilização na operação de sistemas complexos de reservatórios. Portanto, este trabalho desenvolveu um modelo de otimização para o estudo da operação integrada de sistemas de reservatórios e perímetros irrigados, além de outros usos da água, objetivando a alocação ótima dos recursos hídricos entre os múltiplos usos e o estabelecimento de políticas operacionais via uma análise multiobjetivo. As não-linearidades intrínsecas aos processos de cada um de seus componentes foram implementadas através de um procedimento iterativo, fazendo uso da programação linear seqüencial.

O modelo foi aplicado a um sistema constituído de dois reservatórios, Catolé II e Poço Redondo, ligados em série na bacia do Rio Piancó. O comportamento do sistema foi analisado para 4 objetivos (estabelecidos para o atendimento do abastecimento humano, vazão ecológica, volume meta, receita líquida e mão-de-obra oriunda da atividade agrícola) e 3 cenários hidroclimáticos (seco, normal, chuvoso) para o período de 1 e 5 anos. Os resultados mostraram a eficiência do modelo em análise multiobjetivo e na seleção de regras operativas para a alocação da água atendendo as demandas, os objetivos estabelecidos e as restrições físicas estabelecidas.






GOTA - Grupo de Otimização Total da Água
Prof. Wilson Curi